Sexualidade

Promovida pelo IRC-Espiritismo
http://www.irc-espiritismo.org.br

Palestra Virtual –
Tema: Sexualidade
Palestrante: Dr. Américo
Domingos

Rio de Janeiro   25/04/1997
Organizadores da palestra:
Moderador: “aacn” (nick:ADE-RJ)
“Médium digitador”: “jaja” (nick: Americo_Domingos)


Perguntas/Respostas:

<ADE_RJ> [1] No mundo Espiritual, nas regiões inferiores, os

Espíritos praticam relações sexuais?

<Americo_Domingos> Sim, por que não? O perispírito ainda

imantado à crosta terrestre possui, de acordo com o

pensamento e a vontade do indivíduo, órgãos sexuais. Contudo,

mesmo estando eles numa vibração inferior, esta é superior à

da Terra, portanto a sensação física não é a mesma, fazendo

com que seres ainda inferiores venham à crosta e participem

de relações não alicerçadas no amor. (t)

<ADE_RJ> [2] <cacs> Como o Espiritismo vê a troca de sexo

como aconteceu com o amigo Roberta Close?

<Americo_Domingos> A Doutrina Espírita nos ensina que somos

movidos pelo livre arbítrio. Tudo aquilo que construímos ou

edificamos será depois cobrado por nós em um indivíduo nascer

dotado de características sexuais masculinas e femininas

concomitantemente. É um problema muito sério para a medicina,

desde que o sexo psíquico pode não acompanhar o sexo

cromossômico. Na puberdade, quando “explode” a sexualidade,

se o indivíduo foi operado em criança e respeitado o sexo

cromossômico, pode gerar sérios conflitos psíquicos. Daí ser

importante que a medicina espere o indivíduo se declarar. Aí,

então, ela poderá ser benéfica. É bom frisar que a

intersexualidade é cármica, por excelência, desde que, mesmo

operado, o ser passa a possuir órgãos atrofiados não

funcionantes. Deixa, portanto, de procriar e de manter

relações sexuais normais. (t)

<ADE_RJ> [3] <SerNeuro> O adultério pode ocorrer por

pensamento?

<Americo_Domingos> Claro que sim! O próprio Jesus nos traz

esse ensinamento. (t)

<ADE_RJ> [4] <Sidda> O que o Espiritismo fala do

homosexualismo?

<Americo_Domingos> Segundo o livro “Vida e Sexo” do espírito

Emmanuel, psicografado por Chico Xavier, o homossexualismo

“não encontra explicação fundamental nos estudos psicológicos

IRC-Espiritismo

que tratam do assunto em bases materialistas, mas é

perfeitamente compreensível, À LUZ DA REENCARNAÇÃO (os grifos

são nossos) – pág. 89. Na página seguinte Emmanuel nos diz

que “devemos ter atenção e respeito aos irmãos que estão na

faixa do homossexualismo em pé de igualdade ao respeito e à

atenção devidos às criaturas heterossexuais” A ciência

corroborando o espírito Emmanuel atualmente, nos diz que o

homossexualismo tem uma origem biológica, ocorrendo uma

mutação genética verificada ainda no início da gravidez,

chegando ao ponto do hipotálamo, nos homossexuais ser 2 a 4

vezes menor do que nos hetero. O hipotálamo regula o apetite,

a temperatura corporal e o comportamento sexual (pesquisa do

biólogo e neurologista americano do Salk Lake Institute de La

Jolla, na Califórnia Simon Le Vay (é o nome do cientista)

Também na Califórnia, na Universidade um estudo revela que a

parte do cérebro chamada de junta anterior é 34% maior nos

homossexuais em relação aos heterossexuais. Outras pesquisas,

agora no Canadá, na Universidade Mc Master, em Ontário

revelam que a região do cérebro conhecida como corpo caloso

é maior nos homossexuais portanto, a ciência atual está de

braços dados com o espírito Emmanuel. Já que, se o indivíduo

nasce homossexual é perfeitamente compreensível que esteja

tudo isto relacionado com o “nascer de novo” ou reencarnação.

Antes pensava- se que tudo isto acontecia em decorrência de

traumas verificados na infância. Acontece que muitos seres

passam também por estes traumas e mantém em vida a

heterossexualidade. As circunstâncias exteriores é claro que

influenciam, porém, somente os seres fronteiriços ou

oscilantes que já trazem na própria alma esses desvios(t)

<ADE_RJ> [5] <Crisão> O corpo perispiritual não tem sexo,

correto?

<Americo Domingos> Segundo Allan Kardec o espírito não tem

sexo. Disse o mestre de Lyon: “Os espíritos encarnam como

homens ou como mulheres porque não tem sexo visto que lhes

cumpre progredir em tudo, cada sexo, como cada posição social

lhes proporciona provações e deveres especiais e, com isso,

ensejo de ganharem experiência. Aquele que só como homem

encarnasse só saberia o que sabem os homens.” Portanto, pode

o espírito reencarnar tanto na polaridade sexual masculina ou

feminina. A ciência revela-nos que o embrião, até o segundo

mês de vida intra-uterina não possui sexo isto é, a gônada é

indiferenciada (não se sabe se é homem ou se é mulher)

Somente no início do terceiro mês, pela ultra-sonografia

sabe-se o sexo do bebê O fato de no início da formação do

neném não existir o sexo faz com que tenhamos de raciocinar:

Por quê? Em verdade, o perispírito, assim como o embrião até

o segundo mês de vida não possui sexo. O que vai realmente

IRC-Espiritismo

selar o destino sexual do indivíduo encarnado é a presença do

cromossoma Y que será responsável pela produção de

testosterona no feto e a destruição de todas as

características biológicas femininas nascendo, então, um

menino Em realidade o fenômeno da conjugação ou fecundação

não é regido por fatores casuais (o acaso não existe). O

espírito, no momento da fecundação do seu corpo físico

estando presente, emite vibrações peculiares ao sexo que

predomina dentro de si, espírito, é bom frisar, ainda preso

aos parâmetros terrestres. Nos seres espirituais mais

evoluídos tanto a polaridade masculina. quanto a feminina, em

inúmeras existências foram intensamente vivenciadas e

harmonicamente o espírito atinge a unissexualidade Na

mitologia grega, Aristófanes no banquete de Platão, nos fala

a respeito dos andrógenos (seres bissexuados, redondos, ágeis

e tão possantes que Zeus chegou a temê-los) Para reduzir-lhes

a força, a divindade, Zeus, dividiu-os em duas metades:

masculina e feminina. A mitologia, claramente, alude à noção

da bissexualidade de todo ser humano, ainda preso às

injunções terrenas É muito importante essa dualidade ou

dicotomia (masculino e feminino) para que o espírito atinja a

perfeição.(t)

<ADE_RJ> [6] <aprendiz> Américo, fale-nos a respeito da

energia sexual, afim de compreendermos seu real significado

na evolução humana.

><Americo_Domingos> Podemos relacioná-la com um rio. A sua

nascente é pura e imaculada. Contudo, durante o seu trajeto

absorve as impurezas dos homens e dos animais, tornando-se

poluído. Contudo, quem polui é o homem ou o animal, a fonte é

sempre pura. Segundo os espíritos instrutores, a energia

sexual é responsável pela união de dois seres e,

consequentemente, pela formação da família, possibilitando a

encarnação dos espíritos, tão necessária e importantíssima

para a sua evolução. (t)

<ADE_RJ> [7] <crisão> Um espírito que reencarna muito como mulher demora

a se adaptar quando reencarna como homem?

<Americo_Domingos> O ideal seria que encarnássemos

concomitantemente homem e mulher.(t)

<ADE_RJ> [8] <SerNeuro> É sadio à luz do Espiritismo praticar

sexo por prazer? Entende-se mesmo casado? Já que o ato sexual

é um mecanismo fisiológico para procriação e perpetuação da

espécie? Por que somente o ser humano pratica o sexo

meramente por prazer?

IRC-Espiritismo

<Americo_Domingos> A pergunta é inteiramente absurda sob à

luz científica. Numa determinada fase da evolução humana

houve uma mutação genética e os seres humanos não tiveram

mais “cio”, isto é, o homem, obrigatoriamente, não pratica

sexo.Fica provado, mais uma vez, que o acaso não existe. Por

que, então, houve essa mutação gênica? O homem passa a

diferir do animal desde que não tem o “Cio” específico para a

reprodução. (t)

<ADE_RJ> [9] <Biazinha> Quando homossexuais insistem na

satisfação dos sentidos, absorvem das descargas emotivas

geradas no encontro com o mesmo sexo, energias da mesma

polaridade. O que acarreta isto para o Espírito?

<Americo_Domingos> Em verdade, quando 2 seres se unem através

do encontro sexual há uma ampla fusão energética. Até mesmo

torna-se conhecido o “código” vibratório do campo de força,

ou “chacra” genésico de cada um. Cada indivíduo tem uma

vibração própria relativa à polaridade sexual que alberga.

Portanto, a pergunta tem consistência, já que seria a união

de duas vibrações análogas. O importante na evolução é que

tenhamos permuta com vibrações antagônicas para que cheguemos

à unissexualidade. A pergunta foi inteligentíssima e requer

muito tempo de reflexão. (t)

<ADE_RJ> [10] <aprendiz> Os espíritos responsáveis pelo nosso

programa reencarnatório manipulam os cromossomas a fim de que

reencarnemos provisoriamente homens ou mulheres para passar

por experiências necessárias a nosso aprendizado? Está

correto isso?

<Americo_Domingos> Sim, já que em muitas oportunidades

teimamos em seguir nas diversas reencarnações uma determinada

polaridade sexual. Então, como seres bondosos e misericordios

os intervêm e nos auxiliam a caminhar para o progresso,

agora, revestidos em outra faixa sexual. O melhor para nós

eles conhecem. Não podemos ficar estacionários, desde que a

evolução se processa pelo adestramento do espírito nas duas

faixas sexuais. O importante é frisar que, na maior parte das

vezes, esse caminhar de um sexo para o outro é realizado em

condições cármicas como disse anteriormente, o espírito atrai

o espermatozóide que lhe é afim. Se o ser está na vida

espiritual, entre uma encarnação e outra, em sofrimento

intenso ligado à área sexual, pensando como um dementado que

é no outro sexo, pode atrair quem não corresponde ao seu

psiquismo, espermatozóide este que em desarmonia com a

intimidade do ser. Um exemplo, para sermos bem didáticos. Um

indivíduo do sexo masculino, por exemplo, desencarnado em

aflitivo desespero, ligado a disfunções sexuais pensando

IRC-Espiritismo

intensamente no sexo oposto de forma doentia e desbragada,

ele vibra tão intensamente para o sexo oposto (feminino) e

atrai durante o processo da reencarnação um espermatozóide

com cromossoma X nascendo uma menina. Acontece que o

psiquismo do espírito adquirido em diversas existências como

homem, é claro que é masculino, mas, nascerá em um corpo

feminino. É o que a ciência denomina de Transsexualismo. Logo

na fase infantil notará um fato inusitado: seu corpo físico,

sua genitália, não acompanha o seu sexo psíquico. Intenso

sofrimento advém de tudo isto, podendo, inclusive, o

indivíduo canalizar.(t)

<ADE_RJ> [11] <Biazinha> Por que a esterilidade é tanto

masculina quanto feminina?

<Americo_Domingos> A sementeira é livre, porém a colheita é

obrigatória. A Doutrina Espírita nos ensina a lei de causa e

efeito, confirmando a ciência (Segunda lei de Isaac Newton):

tudo aquilo que fazemos de bom ou de ruim repercute dentro de

nós mesmos. A esterelidade é conseqüência do mau uso das

funções sexuais, impedindo através do aborto que haja

reprodução da espécie. O estéril de hoje é aquele que

fomentou o aborto ontem. Jesus nos ensina tudo isso na

parábola dos talentos. (t)

<ADE_RJ> [12] <Mlia> O Expositor acha que a reversão de sexo

pode ser benéfica. Como fica o perispírito?

<Americo_Domingos> Tudo se verifica através do livre-arbítrio

de cada um. A reversão do sexo pode ser feita, segundo a

vontade do ser somente. após a puberdade, quando o sexo

psíquico estiver preponderante em relação ao sexo

cromossômico. O perispírito do indivíduo que nasce com

interssexualidade necessita da encarnação para sofrer um

processo de cura. O apóstolo Paulo, com muita propriedade,

nos dá a confirmação de tudo isso, dizendo-nos: “O que o

homem semear na carne, na carne ceifará a corrupção.”

Portanto, devemos ter para com esses irmãos os melhores

sentimentos, ajudando-os a superar essa intensa expiação.

Como dissemos anteriormente positivos, desde que o indivíduo

tem o seu órgão escolhido atrofiado não podendo exercer a

sexualidade satisfatoriamente.(t)

<ADE_RJ> [13] <cacs> Por que nos dias de hoje tanto o homem

quanto a mulher, casados, buscam relacionamento paralelo fora

do lar?

<Americo_Domingos> No período embrionário que antecede a

formação da genitália houve um distúrbio hormonal e as duas

IRC-Espiritismo

características sexuais permanecem. Já dissemos também,

anteriormente que o espírito alberga as duas características

dentro de si, daí o fato de poder nascer ou homem ou mulher.

Um espírito já adiantado, como Sanson que trabalhou com

Kardec e é citado no livro “Céu e Inferno”, relata que o

espírito não tem sexo. Ele, Sanson, segundo Kardec, é um

espírito superior. Já o inferior, pelo pensamento e pela

vontade, plasma um órgão sexual escolhido por si próprio.

Tanto pode ser um órgão sexual masculino ou um feminino.

Afinal, não temos as duas características dentro de nós? Um

exemplo prático podemos dar agora. Vamos imaginar que somos

espíritos desencarnados e estamos como médicos, dentro de um

hospital extra-físico. Dois seres estão deitados e serão

examinados por nós. Um deles ostenta uma genitália, o outro

não. O primeiro é alguém que está ainda ligado a vibração

terrestre vibrando em relação a uma polaridade sexual o outro

é espírito adiantado que já conseguiu se harmonizar dentro da

evolução e podemos dizer que ele não tem sexo. Em verdade,

possui inteiramente harmonizadas. (t)

<ADE_RJ> [14] <Lista-Espiritismo> Pode Espiritos inferiores

que se comprazem com o mal, interferirem nos processos

reencarnatórios, determinando a sexualidade?

<Americo_Domingos> Os processos encarnatórios são regidos por

espíritos benfeitores chamados de construtores, por André

Luiz. Se entidades inferiores interferirem no processo da

criação humana, certamente o resultado será a formação dos

chamados “monstros” (seres malformados sem espíritos). O mal

nada pode produzir de bom, já que é antagônico ao bem, nos

processos da criação humana. (t)

><ADE_RJ> [15] <Leandro> Até que ponto o sexo e o pensamento

voltado a ele (instinto) é tolerável? Como saber o ponto

“limite” para não nos prejudicarmos?

<Americo_Domingos> A sua pergunta exigiria maior clareza para

que pudéssemos respondê-la com precisão. Jesus nos diz, em

seus ensinamentos, que tudo provém do pensamento. Pelo

pensamento, portanto, o indivíduo pode errar, mesmo não tendo

ostensivamente praticado o ato. Sugerimos para maior

abrangência do assunto os seguintes livros espíritas: “A

Queda dos Véus” publicado pelo Centro Espírita Léon Denis

[Tel(021) 452-1846], como também o opúsculo “Sexualidade e

Espiritismo”, também do Centro Espírita Léon Denis. Indicamos

também, “Vida e Sexo”, editora FEB. (t)

Oração Final:

<_cacs_> Querido Pai, Mestre Jesus, mais uma vez estivemos

aqui reunidos para o esclarecimento de um tema tão importante

para as nossas vidas à luz do Consolador prometido. Que nós

possamos, cada vez mais, acompanhar a tecnologia e adequá-la

ao esclarecimento e consolo de todos aqueles que se

interessarem. Muito obrigado Pai, hoje e sempre. Graças a

Deus!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s