Santa Rita do Sapucaí – MG

 

A cidade de Santa Rita do Sapucaí, localizada no Sul de Minas, teve inicio com a chegada da família Manoel José da Fonseca, formada por ele,  pela esposa,  Genoveva Maria Martins , e pelos filhos, Antônio Manoel e Rita. A família saiu de Olivença, em Portugal, e desembarcou na cidade do Rio de Janeiro, onde foram recebidos por Dom João VI em agradecimento pelo serviço que prestaram a Manoel da Fonseca quando Napoleão Bonaparte invadiu Portugal.

O casal, de início, se instalou em Baependi,  cidade localizada também em Minas Gerais, onde montou um comércio lucrativo. Porém, tempos depois, souberam da existência de terras às margens do Rio Sapucaí, depois disso, venderam todos os seus bens e partiram para tomar posse da área. A família Portuguesa, de tradição Católica, demonstrava grande devoção a Santa Rita de Cássia, assim a família fundou a freguesia que levaria o nome da santa.

Entretanto, Manoel não tinha boa saúde e com o trabalho árduo nas terras ficou mais aduentado . Genoveva recorreu as orações e pedidos à Santa Rita pedindo a cura do marido e após o feito doou oito alqueires de terra. Teve sua graça alcançada, no entanto, quatro anos depois, seu marido faleceu.

Ela mandou então construir uma capela, onde a primeira missa foi realizada, no dia 22 de maio de 1825, celebrada pelo padre Mariano Accioli de Albuquerque. Dona Genoveva doou a capela, a imagem de Santa Rita que veio junto com a família de Portugal. A missa foi o marco da fundação da cidade de Santa Rita do Sapucaí.

Até o inicio da década de 50, Santa Rita do Sapucaí era uma típica cidade mineira. Sua economia girava em torno da cafeicultura e do gado de leite.

A semente do Vale da Eletrônica foi plantada por uma jovem com surpreendente visão de futuro para mulheres de sua época. Sinhá Moreira, ao retornar de uma viagem ao exterior fundou a primeira Escola Técnica em Eletrônica da América Latina, a ETE. A partir de então, a rotina da pacata cidade mudou completamente. Logo depois, outras instituições voltadas ao ensino de eletrônica começaram a surgir, o Inatel (Instituto Nacional de Telecomunicações), fundado em 1965; e em seguida, 1971, surge a FAI ( Faculdade de Administração e Informática). Assim a idéia de Sinhá Moreira expandiu-se até ser incorporada pelas administrações públicas.

As primeiras empresas de eletrônica da cidade foram criadas por ex-alunos da ETE, que permaneceram na cidade para aprimorar seus conhecimentos na área e fazer faculdade no Inatel ou na FAI. Jovens que foram atrás de sonhos e transformaram grandes idéias em produtos, empresas que começaram em fundo de quintal, até mesmo dentro dos quartos das repúblicas.

Aos poucos, o progresso chegou em Santa Rita, que deixou  de ter uma economia predominantemente na agropecuária para entrar no ramo da indústria de tecnologia. Foi em 1980 que o prefeito Paulo Frederico Toledo, inspirado no Vale do Silício, nos Estados Unidos da América, criou em Santa Rita do Sapucaí o chamado, “Vale da Eletrônica”.

Hoje, o ” Vale da Eletrônica” é um dos principais pólos de desenvolvimento tecnológico do Brasil, reconhecido nacional e internacionalmente pela qualidade de seus produtos, exportados para vários países. Grande parte das empresas do município atua nas áreas de eletrônica, telecomunicações e informática. Com isso, veio a necessidade de abrir empresas com atividades paralelas aumentando ainda mais a oferta de emprego. A renda per capta atual da cidade é uma das mais altas do interior do país, segundo dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas). São 134 empresas de pequeno é médio porte, que juntas, em 2008 faturaram cerca de R$ 1 bilhão.

Santa Rita do Sapucaí também investe no turismo: tem um dos carnavais mais animados e famosos do Sul de Minas, uma natureza exuberante, ideal para a prática do ecoturismo, incluindo pescarias no Rio Sapucaí, com suas margens em fase de reflorestamento. Além disso, a cidade é ponto de encontro para os praticantes de voo livre e sedia campeonatos nacionais e internacionais de esporte.

3 respostas para Santa Rita do Sapucaí – MG

  1. sonia marisa leal mendes disse:

    Ola……..
    Estou longe dai…..mas sempre penso em voces……..
    O CEAC foi uma grande escola pra minha vida……nunca esquecerei disto……
    Um grande abraço aos amigos daí.

  2. Jardel Morais disse:

    Que prazer em saber que ainda estamos “Ligados” por esta casa de caridade.

    Agora, através da internet estaremos mais próximo de você.

    Apareça sempre por aqui deixando seus comentários, sugestões, opiniões em nossas discussões.

    Grande abraço Sonia!!!

  3. Que saudades dessa terrinha de Santa Rita do Sapucaí! Como estão as coisas por aí? Saudades da tranquilidade dessa bela cidade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s