Jesus e o cobrador de impostos

Mateus 9, 9-13

9 Partindo dali, Jesus viu um homem chamado Mateus, que estava sentado no posto do pagamento das taxas. Disse-lhe: Segue-me. O homem levantou-se e o seguiu.

10 Como Jesus estivesse à mesa na casa desse homem, numerosos publicanos e pecadores vieram e sentaram-se com ele e seus discípulos.

11 Vendo isto, os fariseus disseram aos discípulos: “Por que come vosso mestre com os publicanos e com os pecadores?”

12 Jesus, ouvindo isto, respondeu-lhes: “Não são os que estão bem que precisam de médico, mas sim os doentes.

13 Ide e aprendei o que significam estas palavras: Eu quero a misericórdia e não o sacrifício (Os 6,6). Eu não vim chamar os justos, mas os pecadores.”

Hoje veremos que o Criador não exclui a ninguém e há um lugar para todos em suas obras. Todos são chamados, mas nem todos têm uma resposta pronta para o convite.

Jesus não olha para o passado do homem, para Ele, o que importa é a decisão pelo projeto vida, projeto de evolução, pela reforma íntima.
Um coletor de impostos no tempo de Jesus não era alguém por quem se tinha muita simpatia. A carga tributária já era por si só, abusiva, e alguns coletores, ainda acabavam tornando a cobrança muito mais excessiva, além da prática de extorsão e diversos tipos de injustiça e corrupção. O pior ainda, era quando esse cobrador era também um Judeu, mas que estaria a serviço de Roma.

 O Império romano, que dominava toda a região da Palestina, selecionava homens com habilidade matemáticas para serem coletores de impostos. Mesmo sendo Judeus. Só que estes, por serem judeus, acabavam sendo por seus compatriotas, marginalizados, acusados de traição e não sendo digno nem mesmo da graça de Deus. Era um trabalho, mas era também uma situação muito delicada e por vezes penosa ( no íntimo dos homens que o realizavam).

É para esse homem que Jesus se volta. Excluído e nunca amado, odiado e marginalizado. Jesus o chama e ele por sua vez não hesitou um só instante, pois já residio dentro dele a semente do bem, plantada pelo Deus Pai.

Como seria possível um judeu amar um coletor de impostos? Aqui se configura o segredo da conversão de Mateus. O amor de Deus na figura do Mestre Jesus. Aquele homem simplesmente se sentiu amado. O toque do amor, é um toque diferente. Quem dera se todos os “pregadores” durante suas reflexões, falassem desse amor. Quantas conversões já não teriam acontecido.

 Mateus, Quando ouviu o chamado de Jesus: SEGUE-ME, ele deixou tudo: o dinheiro e o cargo. Sua vida iria ser transformada a partir daquele momento. Fácil, julgo não ter sido para um que tinha tudo, acompanhar alguém que não tem por onde reclinar a cabeça durante a noite. Colocado a disposição, sua decisão, sua opção pelo serviço na Seara do Mestre, modificou seu modo de pensar e agir e  nada do que ele fez de mal foi lembrado.

Deus sabe das falhas do homem, mas olha através dele, a beleza que está em seu coração. A atitude de fazer um juízo sobre alguém, se fossemos juízes com autoridades para isso, talvez valesse apenas. Mas, sempre olhamos por fora, sua aparência, classe social e algumas atitudes. Paramos para olhar o porque de suas atitudes ou a que poderia está ligado ?  NÃO !!

 E, como fariseus do século XXI, perguntamos: Por que come o vosso Mestre com os publicanos e pecadores?

Jesus mostra para nós, que todos são amados diante de Deus.
Como entender tudo isso?

Versículo 13: “ Eu quis a misericórdia e não o sacrifício”. “Não vim chamar justos, mas os pecadores ao arrependimento”.

É esse amor, que fez com que o ex coletor de impostos, deixasse tudo para trás, para ter somente o desejo de seguir a Jesus.

Precisamos descobrir esse amor. Já não podemos  mais ficar aqui acomodados com tudo o que temos, mais cheios de vazios, incertezas, fracassos e sofrimento.Podemos pensar e agir diferente.

O Pensamento de Mateus, pode ser também o nosso hoje.
Cansado de carregar seus pesados fardos? De sentir o mais miserável dos homens? De se sentir culpado? Escravo das doenças e dores? Perseguido?

“Vinde todos a mim, e eu lhes darei descanso”(Mt 11,28).

Jesus deu a possibildiade de uma vida nova ao Mateus. E ele não deixou passar a oportunidade.

Ele faz hoje o mesmo convite pra você e pra mim, o que ainda estamos esperando?

Vamos ao encontro de Jesus !!!

MUITA PAZ A TODOS !!

Douglas Gallo
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s