Entrevista – Jorge Hessen – Prostituição e Adultério

17463408

Como o Espiritismo interpreta o fenômeno do adultério e a prostituição? Existe alguma relação entre estas duas chagas sociais?

Jorge Hessen: Emmanuel no capítulo 22 do livro Vida e Sexo explica bem a questão. A célebre sentença do Cristo: “Atire a primeira pedra aquele que estiver isento de pecado” nos ensina que não devemos julgar com mais severidade os outros do que nos julgamos a nós mesmos, nem condenar em outrem aquilo de que nos absolvemos. Desse modo é interessante observar que o Cristo, em se tratando de faltas e quedas, nos domínios do espírito, haja escolhido aquela da mulher, em falhas do sexo, para pronunciar a sua inolvidável sentença. A rigor, os problemas afetivos se mostram de tal modo encravados no ser humano que pessoa alguma da Terra haja escapado, no cipoal das existências consecutivas, aos chamados “erros do amor”.

Dessas experiências de muitos milênios, persistem, ainda, por feridas purulentas no tecido social, o adultério a prostituição que, de futuro, serão classificados na patologia das doenças da alma. Diz Emmanuel que o adultério e a prostituição ainda permanecem, na Terra, por instrumentos de prova e expiação, destinados naturalmente a desaparecer, na equação dos direitos do homem e da mulher, que se harmonizarão pelo mesmo peso, na balança do progresso e da vida.

Quando cada criatura for respeitada em seu foro íntimo, para que o amor se consagre por vínculo divino, muito mais de alma para alma que de corpo para corpo, com a dignidade do trabalho e do aperfeiçoamento pessoal luzindo na presença de cada uma, então os conceitos de adultério e prostituição se farão distanciados do cotidiano, de vez que a compreensão apaziguará o coração humano e a chamada desventura afetiva não terá razão de ser.

 

Jornal O Consolador
Ano 1 – N° 8 – 2007

Anúncios
Esse post foi publicado em artigos. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s